Atribuição da condecoração Unio, Labor et Justitia



A atribuição da condecoração ‘Unio, Labor et Justitia’ é proposta pelo Conselho Administrativo, que posteriormente propõe à Assembleia Geral, onde esta é votada. Atribuição pode ser feita a qualquer tipo de associado, que cumpra os seguintes requisitos: O elemento em causa deverá promover a união, amizade e interajuda entre todos os elementos da TMB; O elemento deverá possuir uma ficha de trabalho na TMB de destaque, quer ao nível de liderança e/ou participação em projetos em sede de Comissões, quer ao nível de participação nas diversas atividades da TMB; É crucial que o elemento tenha sido, com o seu trabalho e dedicação, uma peça fundamental no desenvolvimento e crescimento da TMB; O elemento deverá ter uma presença que seja considerada bastante relevante e deverá ter-se destacado ao nível de resolução de problemas inerentes à TMB, sejam eles de carater interno e/ou externo; É crucial que o elemento se tenha distinguido nos três setores base da TMB: Coordenação Musical, Direção e Conselho de Veteranos; O elemento deverá ser uma pessoa capaz, leal, justo, transparente e compreensivo e deverá ter um percurso íntegro. A condecoração pode ser atribuída a qualquer tipo de associado, independentemente do seu estado (ativo ou inativo).

Personalidades distinguidas com a condecoração Unio, Labor et Justitia
Bruno Miguel F. Gonçalves
Associado Fundador/Nº1 da RaussTuna
Atribuída em 1 de novembro de 2014

Todos os direitos reservados - RaussTuna - Tuna Mista de Bragança