Rui Manuel Gaudêncio Veloso

Tuno Honorário - Rui Veloso (Artista)
Nota Biográfica
Rui Veloso nasceu em Lisboa, mas foi viver com três meses para o Porto. Com apenas quinze anos começa a tocar guitarra como autodidata e em 1976 (com 19 anos) conhece Carlos Tê e forma um grupo de Blues chamado Magara Blues Band (com Mano Zé e Manfred Minneman).
Em Julho do 1980 edita o disco "Ar de Rock" com os grandes sucessos "Chico Fininho" e "Rapariguinha do Shopping". Este sucesso levou ao aparecimento de uma grande quantidade de bandas de Rock a cantar em português, a maioria de qualidade mais do que duvidosa (e do qual só conseguiram sobreviver os GNR, os UHF e os Xutos e Pontapés), no que ficou conhecido como o Boom do Rock Português e, daí, o título de Pai do Rock Português para Veloso.
Em 1986 edita, o longa-duração "Rui Veloso" que inclui " Porto Covo", "Porto Sentido" e "Cavaleiro Andante", um dos grandes sucessos da sua carreira. As letras de Carlos Tê encaixam muito bem nas músicas de Veloso e, ainda que a uma escala caseira, e salvaguardando as devidas distâncias estamos perante a dupla Lennon/McCartney.
Após "Rui Veloso Ao Vivo", gravado no Coliseu do Porto nos dias 4 e 5 de Junho de 1987, sai o muito aguardado disco conceptual "Mingos e os Samurais", que retrata a vida de um grupo musical de província durante os anos 60 e 70. O disco atinge a astronómica cifra de 80 000 exemplares vendidos (160 000 por ser duplo), o que equivale à quádrupla platina, um número sem precedentes no mercado nacional. Este duplo sai em 1990. Nesse mesmo ano toca acompanhado de B. B. King, concretizando um sonho antigo.
Em 1999 compõe o tema "Não me mintas", com letra de Carlos Tê, para o filme "Jaime" de António Pedro Vasconcelos. Dirige também a parte musical da série de televisão da TVI "Todo o tempo do Mundo".
Rui Veloso é hoje uma espécie de instituição da Pop Nacional. Já nada tem a ver com o magrinho de bigode que cantava o "Chico Fininho". No entanto, a sua evolução como músico tem sido notória e o seu refinamento como artista e autor, também.
Por ser uma das maiores influências musicais da RaussTuna - Tuna Mista de Bragança, foi convidado em Junho de 2015 para fazer parte da mesma como Tuno Honorário.
Posteriormente grava o single "Coração de Estudante" (original da RaussTuna) em conjunto com Zeca Medeiros, lançado mais tarde no CD/DVD "Tuna + Tuna, Um Festival de Duetos".

Tuno Honorário desde 2015.

Todos os direitos reservados - RaussTuna - Tuna Mista de Bragança